terça-feira, 4 de junho de 2013

Receptores, Satélite e Dongles - Explicações básicas. Histórico

Postado por




Em 2010, o número de receptores FTAs vendidos cresceu extraordinariamente.

FTA
significa Free To Air, em inglês, e para nos não seria outra coisa que
os canais livres de ar, só que desta vez eles se referem também aos
sinais não somente terrestres, como assim também aos satelitais e que
vem de satélites geoestacionários.

Antigamente o mais conhecido deles
seria nosso velho e querido Starone C2,










com suas emissões analógicas e
seu clássico chuvisco, alem de seus usuários terem que usar essas
grandes antenas telhadas de alumínio.

Essa tecnologia hoje
praticamente morta em todo o mundo, continua no Brasil devido aos
interesses comerciais de algumas emissoras e devido também a uma
realidade social muito importante que faz que não se pode deixar isso
obsoleto ou desativar rapidamente, porque deixaria sem comunicação a uma
enorme população de baixos recursos.

Mas ainda assim tem seus dias
contados, já que o avance das pequenas e poderosas antenas da banda KU
tem sido enorme nestes últimos tempos.

Embora o único satélite que
tem vários canais brasileiros FTA em banda Ku neste momento seja o
Estrela do Sul (Telstar 14), em outros satélites voltados ao publico de
língua espanhola existe maior disponibilidade de canais.

Assim sendo temos o Hispasat, o Telstar 12 (que também tem o Pampa TV), o AMC6 com vários canais argentinos.

Isso
por falar naqueles mais importantes, mais existem perto de 20 satélites
que podemos pegar aqui na América do Sul, contando os banda C e os
banda Ku.

Todos eles livres, free, gratuitos e completa e
absolutamente legais. Isso com qualquer dos receptores mencionados aqui,
sera possível receber o sinal.



Mas também existe uma outra
realidade e é que estes mesmos aparelhos FTA com modificações no
software que faz eles funcionarem, podem se converter em capazes de
receber inclusive canais codificados cuja segurança já ficou obsoleta.



Vamos
tentar explicar a real situação para quem já tem receptor, e para quem
pretende comprar. Algo que virou realidade, depois de muito tempo sendo
falado por todo nós, é a codificação Viagravisão 3, mais conhecida
popularmente como Nagra 3. Mas pra quem não sabe ainda muito bem o que é
isto de Nagra 3, vamos tentar dar uma resumidinha aqui.

Durante este
ultimo período de dois anos aproximadamente, todos usávamos somente um
receptor e uma antena banda KU apontada para o satélite Amazonas, da
operadora de TV via satélite e cabo, Tel.efônica. Mas não era só apontar
a antena pro satélite e assistir não, pois os canais não eram abertos
automaticamente se era o que você estava pensando.

O que acontecia
era o seguinte, todo mês havia uma troca de KEYS, que era o que
bloqueava o acesso a estes canais a todos aqueles que não eram
assinantes.

Mas alguns dias ou horas depois eram lançadas novas
firmwares, para cada modelo de receptor de diferentes marcas. E essas
novas firmwares, continham dados que quebravam os códigos da codificação
antiga, a famosa Viagravisão 2, ou simplesmente Nagra 2.

Ao serem
introduzidas nos receptores via pendrive USB, ou via cabo serial RS232,
era possível ver todos os canais pagos novamente de forma gratuita. Mas
isto estava sendo um problema não só para a Tel.efônica, e sim para
todas as outras operadoras do país, pois ao conseguir-se captar de forma
gratuita os canais do Amazonas, estava-se prejudicando as outras
operadoras também, pois caiu o volume de novas assinaturas para muitas
operadoras ao mesmo tempo que aumentou a compra de receptores destes
que citei, e uma antena KU, assim aproveitando tudo gratuitamente. Mas
as operadoras se uniram e caíram, literalmente de pau em cima da
T.elefônica, a pressionando para que mudasse de codificação o quanto
antes, e foi o que aconteceu, a Telefô.nica mudou sua codificação para
Viagravisão 3, nos impossibilitando de assistir seus canais.

Até o
momento Nagravison 3 não foi quebrada, pois além de ser uma codificação
muito segura, a troca de KEYS, não é feita uma vez por mês igual a
codificação Viagravisão 2 fazia, e sim a cada 20 segundos.

Para quem não sabe o que são KEYS, são os códigos que somente os assinantes de operadoras tem em seus cartões,
e quem os obtém por outros métodos, também consegue assistir aos mesmos
canais que os assinantes. Mas voltando ao assunto, ficamos sem canais
pagos, porque a única operadora vulnerável era ela. Então esses usuários
informais ficaram sem flores no jardim por cerca de uns 3 meses.

Depois
apareceram novas tecnologias, tais como C.S, IKS, SKS, que nos
ressarciram a felicidade novamente com nossos canais. Muitos ainda não
sabem do que se trata, e ficam confusos na hora de decidir o que fazer
e/ou comprar, então vamos explicar sobre as novas tecnologias para os
iniciantes, e também acrescentar algumas novidades há quem já é
experiente.

Primeiramente vamos ao que significa e como funciona cada uma destas tecnologias:



Ca.rd Sh.aring



Basicamente
é o compartilhamento de cartões das operadoras. Para melhor
simplificar, o Car.d Sharin.g, ou o popular C.S, ocorre da seguinte
maneira: o dono do C.S que você vai usar, ele assina com uma operadora, e
na assinatura, ele recebe uma antena, e um receptor com um cartão
dentro, e neste cartão contém todos os dados necessários para que ele
receba todos os canais que contratou. Após ter feito toda a instalação
do receptor, e ter apontado a antena para o satélite da operadora que
ele deseja liberar, o dono do servidor conecta seu receptor a internet, e
envia todos os dados de seus cartões para os usuários da internet, que
também tem seus receptores conectados a internet. Mas é claro que não é
de graça, logicamente ele vai cobrar uma taxa por isto. E dependendo do
servidor que você usar, pode ficar travando a cada 5 minutos ou menos,
isso vai lhe dar um dor de cabeça danada, pois está pagando por algo que
não presta.

Mas eu nunca aconselhei ninguém a usar C.S, e nunca vou
aconselhar, pois este ato está prescrito como crime no artigo 184 do
código penal, parágrafo 3, tanto para quem fornece os dados para os
usuários, e tanto para quem os recebe pagando a taxa cobrada. Claro que
quando desmontam/acabam com um servidor de C.S, nem todos vão presos,
mas pelos menos uns 150 usuários vão junto. Então fique bem longe disto,
e outra coisa, este assunto está proibido no nosso fórum, não venham
nos pedir suporte sobre isto, por favor.



IKS:
Bem, o IKS, Internet Keys Sharing, Partilha das Chaves via Internet, é
quase a mesma coisa que o C.S, o que diferencia um do outro é gratuidade
alem da forma como são enviadas as keys. Mas diferente do C.S, você não
tem os dados do servidor ou coisa parecida, as KEYS, chegam ao seu
receptor via internet, mas não se sabe a forma real como elas chegam até
você, se é por partilha de cartões de operadoras, ou se é por algum
programa/software/aparelho que desconhecemos que decodifica as novas
codificações, que o nossos receptores não conseguem decodificar, e em
seguida nos enviam os dados que precisamos para decodificar os canais.

Agora
você se pergunta o que precisa para usar o IKS. Vamos lá então. No IKS,
alguns receptores precisam de adaptadores/dongles, que são aparelhos
criados para serem usados no sistema IKS e SKS.

O Dongle não é outra
coisa que um aparelhinho, ou interfase eletrônica feito para aproveitar
os velhos modelos de receptores, que não tinham as possibilidades de
hardware para se conetar na internet ou receber um segundo satélite no
mesmo apare
lho.

Pois bem, nestes dongles, você o conecta na internet
usando os cabos que vêm junto a ele, e também o conecta no seu receptor.
Assim o dongle vai receber as KEYS, e enviá-las de forma ordenada a seu
receptor, assim conseguindo liberar os canais da operadora desejada.
Bem, as m
arcas que usam o sistema IKS com dongles são Freesat, Kenox,
Goldbox, Maxfly, Sonic View, Viewsat, Viewmax, Probox e Prosat. Também
existem alguns receptores que usam IKS sem a necessidade de dongles, são
eles Azbox Bravoo, Azbox Elite, Azbox Ultra, Azbox Premium, Azbox
Premium Plus, Evolution Box EV920, Probox 930 HD e agora entrando no
mercado o Tocomsat s 500. Os melhores servidores de IKS, são o servidor
da Probox, que se mostrou extremamente estável, por dificilmente travar,
e o Cheops (software usado nos Azbox HD), por liberar os canais em HD, e
também por ter se tornado estável e funcionar perfeitamente. Agora você
fica se perguntando como vai saber quais são os dongles de tantas
marcas, mas logo mais abaixo vamos explicar como funciona cada um deles.
Mas agora lhe resta aquela dúvida, mas qual operadora este sistema
libera? Ele também é diferente do C.S nesta parte. O C.S existe em
basicamente todas as operadoras, já o IKS, é mais usado pra liberar a
V.Ia E.mbratel e a nossa velha conhecida T.elefônica. Mas e quanto à
legalidade desta prática? Bem, o IKS infringe a nós os mesmo crimes que o
CS. No entanto, existe uma grande discussão sobre este assunto, pois é
uma conduta atípica, ou seja, não está tipificado pelo código penal ou
por qualquer outra lei em especial. No entanto, os nossos tribunais têm
usado analogia e aplicado ao artigo que fala sobre furto de sinal,
utilizado nos casos de gatos na TV a cabo. Crime este que é de âmbito
federal, isso em termos de usuário final. Já para quem tem servidor,
pode ser agravado por formação de quadrilha. No entanto, se o servidor
for em outro país, que é o caso de 90% das marcas que usam IKS, não há
como a lei brasileira ser aplicada, pois é de competência de outro país
apurar este delito. Pois isto vai da legislação vigente no país onde
está situado o servidor.





SKS



SKS,
Satelite Key Sharing, Partilha das Chaves via Satélite, é a melhor
escolha que fazemos no quesito estabilidade. Mas este é um sistema um
pouco diferente. Primeiramente que não se usa conexão com a internet, e
também é necessário (até agora), mais de uma antena, no caso duas. Bem,
mas por que duas antenas? Bem, no CS e no IKS, a gente recebe as KEYS,
de um servidor na internet, já no SKS, as KEYS são recebidas de um
servidor em um satélite, por isso duas antenas. Uma antena fica apontada
para o satélite que vai receber as KEYS, que na atualidade, é o
satélite Telstar 12 para todos os dongles, mas cada um tem seu servidor,
não é o mesmo para todos os dongles, pois cada marca querem que seu
servidor seja o melhor, fazendo assim aumentar a venda de dongles para a
respectiva marca. E creio que você queira saber quais são as operadoras
que este sistema abre. Pois bem, este sistema, já abre completamente a
Vi.a E.mbratel e a T.elefonica, e estão fazendo testes para liberar
também a S.ky, mas ainda não temos uma previsão de quando ela vai estar
liberada. O problema deste sistema, é que costuma sair mais caro do que
os outros, por precisar de mais uma antena e um dongle, fica mais caro
ainda se for pagar um instalador pra fazer toda a configuração e
instalação, mas creio que não se precisa pagar nada pra nenhum
instalador, pois procurando e lendo vai achar muitos tutorias sobre
isto, e se você tiver alguma duvida quanto a este e aos outros sistemas,
a cada dia surgem novas informações e tópicos.

Mas acho que todos
vamos concordar que vale o preço, pois com um bom apontamento para o
satélite das KEYS (Telstar 12), dificilmente trava, eu e muitos outros
usuários podemos lhes afirmar isto. Mas não está tão caro assim não,
está muito barato, falamos caro porque o preço é mais alto em relação ao
que se pagava antes onde se precisava somente um aparelho e uma antena.

Existem
vários modelos de dongles de diferentes marcas no mercado, logo abaixo
vou comentar sobre eles. Agora como falei nos outros sistemas acima, vou
comentar sobre a legalidade também deste tema. Bem, diferente do C.S,
onde você tem uma conexão física e está pagando para adquirir de forma
ilícita a codificação dos canais, o SKS é diferente, pois além dos
canais, o sistema de codificação também é proveniente de um satélite.
Mas o caso é que você não pode ser punido apenas por apontar antenas
para determinado(s) satélite(s), mas há uma longa discussão sobre a
imoralidade desta ação. Bem, mas se não existe uma lei contra isso, é
sinal que não crime, podem ficar tranqüilos. O sistema SKS não é ilegal
não. Não se sabe por quanto tempo vai permanecer legalmente, por pressão
das operadoras sobre a justiça, e também não se sabe por quanto tempo
vai durar este sistema e os outros demais. Mas pelo número de pessoas
envolvidas nisto, fazendo a coisa toda funcionar, nos faz pensar que
ainda dure bom tempo. Então vamos continuar falando um pouco mais sobre
tudo isto, para que você possa escolher o que vai comprar/fazer, para se
divertir vendo novamente os canais que sempre assistia antigamente.





Tantas opções, mas o que comprar?

Bem, primeiramente temos que saber o gosto de vocês amigos, então vamos por categorias.

Receptores HDs

Os
receptores HDs, pra quem ainda não sabe, são os receptores produzidos
com a exclusividade de captar os canais digitais e os canais em alta
definição. Existem vários modelos de receptores HD, vou tentar explicar a
tecnologia que cada um usa.


Azbox Ultra HD


Imagem



Azbox Premium HD





Azbox Elite HD

Imagem

Estes
receptores acima citados, usam a tecnologia IKS, o famoso Cheops que
conhecemos e que falei logo acima. Com estes receptores, se consegue
assistir os todos os canais da Teel.efonica e todos os canais da Via
Embratel, inclusive seus 9 canais em HD (alta definição).



Azbox Bravoo HD

Imagem

Não
podemos comparar este novo receptor Bravoo HD com os atuais: Elite HD,
premium hd, premium plus e ultra! pois estes são decos de uma categoria
superior, o Bravo tá mais para um Newgen DVB-S2 "compatível com canais
Hd" vem para concorrer com o S900hd, pois mesmo com um preço inicial
entre R$600,00 e 700,00 tem alguns recursos a mais: 2 tunners "pronto
para SKS, ou IKS via Cheops". O firmware é um pouco diferente da família
az hd: sem recursos de navegar na internet, sem youtube, pois acredito
que nem a metade das pessoas usa estes recursos. Assim, sem eles, o
receptor fica mais barato. Não é full hd 1080p, é hd 1080i, é um deco
que logo terá um preço equivalente a 50% de um premium. É melhor
investir um pouco mais ou muito mais em um deco HD! pois como sabemos é
um sofrimento assistir tvs lcd ou plasma hd ou full hd ligados em sinal
SD, principalmente depois que sentimos o gostinho das belas
imagens em
alta definição, por isso quem compra deco HD "seja qual marca ou modelo
for" dificilmente se arrepende, diferentemente de quem compra decos SD.



Também tem outros ótimos receptores HD, com recurso para estas novas tecnologias. São eles:


<
br>Azamérica S900HD



Este
receptor, usa a tecnologia SKS, e consegue abrir os mesmos canais que
os Azbox HDs com o Cheops. Você pode usar qualquer dongle do sistema
citado nele, e pode assistir os canais em HD se o dongle consegue
liberá-los.



Probox 930HD



O
Probox 930 HD já é um pouco diferente, ele usa tanto o sistema IKS,
quanto SKS. No sistema IKS, creio que ele não use dongle, somente deve o
conectar a internet, estaremos estudando mais sobre ele e logo traremos
mais novidades quanto a este recurso para este receptor. Já no sistema
SKS, ele usa qualquer dongle também, e também abre os HDs se o dongle
tiver esta capacidade.



A parte ruim destes receptores é o preço
que é mais elevado que os decoders SDs, mas o preço vamos comentar logo
mais abaixo, assim como faremos com os outros exemplos também.





RECEPTORES SD ( standard definition)



Azbox Newgen+

Imagem

Bem,
o Newgen+ é um receptor muito moderno e avançado, pois até o momento, é
o único receptor, que usa o sistema SKS que não necessita de um dongle,
pois ele tem dois tunners. Sendo assim, um dos tunners fica conectado
ao cabo da antena que está apontada para o satélite da Embrat.el ou da
T.elefônica, que são as duas operadoras que estão sendo abertas via
Newgen+. E o segundo tunner, fica conectado ao cabo da antena que está
apontada para o Telstar 12, que é o satélite que recebe as KEYS,
decodificando os canais. Ou seja, este segundo tunner, funciona como se
fosse um dongle SKS embutido dentro do receptor. Uma das coisas mais
incríveis neste receptor, é a troca de canais, que dura cerca de 0,3
segundos, tão rápido quanto a troca de canais dos receptores de algumas
operadoras, e também mais rápido do que de outras operadoras.



SD PARA O SISTEMA IKS:

TOCOMSAT S500 (server gratuito com a compra do aparelho, so precisa conexao a internet)





Tratase de um excelente aparelho com muitas funçoes e um avançado menu.

É um aparelho destinado ao mercado sulamericano e ao mercado local, ja que ele é importado legalmente no Brasil.

Projeto
desenvolvido em base ao conhecido e popular Conaxsat Nano2, do mercado
americano, com muita informaçao disponivel ao respeito e que agora esta
sendo lançado aqui.

Nas primeiras experiencias eles se destacou por
sua alta estabilidade e performance, liberando os canais da Via* e
Telecomica. Atualmente estao fazendo mudanças programadas para
melhoramento do sistema.

Acreditamos que sera um rival a ter em conta sem duvidas, porque promete muitas novidades.





Dongles

Bem,
dongles são pequenos aparelhos, que em conjunto com um receptor, nos
fazem ver nossos canais novamente, seja no sistema SKS ou IKS. Ou seja,
esta é a opção pra você que já tem um receptor, e não sabe o que comprar
pra complementá-lo e conseguir os canais novamente. Vamos lá então. Vou
citar os dongles mais conhecidos, e as teconologias e quais as marcas
que eles funcionam.



Dongle SKS

Azbox Smart

Imagem

Pra
mim e muitos outros, este dongle da Azbox, é o melhor do mercado. Pois
foi o primeiro dongle, e também o pioneiro no sistema SKS. Ele funciona
nos receptores de outras marcas também, tais como Azamérica, Superbox,
Probox, Megabox. Mas creio que funcione também em algumas ouras marcas,
quem souber quais as outras marcas, poste aqui para nos ajudar a
fornecer maior informação. Bem, agora vamos aos canais. O Smart já está
abrindo 100% dos canais da operadora V.ia E.mbratel, inclusive os HDs, e
75% dos canais da Telef.ônica.



Smart II

Imagem

É
a segunda versão do Smart. No momento, este dongle está em etapa de
aprimoramentos do seu funcionamento, mas é porque este é um produto novo
e um projeto que pode trazer alguma novidade no futuro. Mas em breve
tempo, este dongle deve alcançar a perfeição de seu antecessor, graças
ao suporte permanente que sabemos a marca dá.



X-Link Sat



Funciona
nos mesmos receptores que o Smart. Este dongle já está abrindo 90% dos
canais do da V.Ia Em.bratel, inclusive os 9 canais em HDs. O problema é
que este dongle ainda é muito instável, e causa muitas travadas, podendo
lhe dar uma grande dor de cabeça. Aguardem um pouco mais, pois creio
que ele melhorará com o passar do tempo.



I-Box

Imagem

Também
funciona nos receptores citados sobre os outros dongles. Este dongle
também é um ótimo dongle, funcional e prático. E foi o segundo dongle a
funcionar no sistema SKS. Libera a grade completa da Tel.efônica, e
também 80% dos canais da V.ia Emb.ratel.



New I-Box

Imagem

Bem,
aqui parece que ocorreu o mesmo que o Smart 2. Ese parece ser a segunda
versão do I-Box. No entanto também não está com a perfeição do I-Box,
ainda estão ajeitando as coisas em seu servidor, por isto o sistema está
estável. Com o tempo ele irá melhorar com certeza.



Coa-3



Também funciona nos receptores citados acima. Libera a grade completa da Te.lefônica e 80% da Vi.a Em.bratel.



PC-30

Imagem

Também funciona nos receptores citados acima. E abre basicamente, os mesmos canais que Coa-3 e I-Box.



Dongles IKS

Jetlink

Imagem

Este é o dongle para os receptores Freesat.



Kenox ED 500

Imagem

Este é o dongle para os receptores Kenox 5000 e Kenox 6000



Dreamlink

Imagem

Este

0 comentários:

Postar um comentário

Faça o seu comentário